Total de visualizações de página

sexta-feira, 19 de outubro de 2012




Em Em 2011 lancei o livro "Gabriela Sou da Paz", que conta a história de Gabriela Prado Maia Ribeiro, que morreu em 25 de março de 2003 no metrô da estação de São Francisco Xavier. O livro, com prefácio de Gabriel Pensador, foi lançado primeiramente na Livraria Saraiva do Shopping Tijuca e depois na Bienal do Rio, em setembro. 

Esse trabalho foi o resultado de minha experiência no Movimento Gabriela Sou da Paz e de minha ida à Brasília, ao Congresso Nacional, ocasião na qual levei junto com outras famílias de vítimas e com os pais de Gabriela, os psicólogos Cleyde Prado Maia Ribeiro Santiago e Carlos Santiago, 1.300.000 assinaturas de uma Iniciativa Popular para a mudança do Código Penal. Foi uma experiência gratificante, a qual espero poder dividir com vocês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário